segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Do Intuito deste Blog I

...
...

[Obs : Ao final desta, link de acesso ao pos't .. 'Das 24 Semanas' .. lauda explicativa da Forma da Compreensão a mim concedida pelo Espírito Santo, que me Iluminou após me Inundar, por Sua Graça e Vontade, me Batizando ... na I Igreja.


...


Eis a História
          Intuito
                    [ou seja: O Memorial!]
...

          No Interior das Lembranças, reside o memorial [Êx 12.14 ; 13.9 ; Lv 2.2,9,16 ; 5.12 ; 6.15 ; 23.24 ; 24.7 ; Nm 16.40 ; 31.54 ; Js 4.7 ; Jz 9.6 ; Ed 6.2 ; Ne 2.20 ; Is 55.13 ; Zc 6.14], e é impossível que se tenha acesso a este Lugar, Verdadeiramente Sagrado, sem que a Luz da Graça inunde o seu ser!


' ... darei na minha casa e dentro dos meus muros,
um memorial e um nome melhor do que filhos e filhas; 
um nome eterno darei a cada um deles,
que nunca se apagará.' Isaías 56.5

...

          Textos da Luz que me acompanharam na solidão do meu quarto junto aos Profetas e Apóstolos da Palavra da Verdade, após me execrarem na Igreja [a do Sacrifício], e, na Igreja [a que entreguei carta em meio às rabanadas, e seu líder me respondeu no altar por 'bolinhos de bacalhau']: em ambas, congreguei até que não suportei o engano da 'riqueza' material a que se entregam e se justificam na palavra [que só lhes serve para justificação - fatos descritos na As. 3.21-31 ; I Ora., pg. 12]. 
          Isto ocorreu à época da leitura e compreensão de Ageu, quando o Espírito Santo o confirmou colocando-me à frente a pregação do Vaticano na Páscoa de 2008 [21/03/08 - 1ª Luz - fatos citos à 3ª Tríade , pg. 36 , e ao 4º Dia/Degrau, pg. 8 - em que Raniero Cantalamessa reverenciou Zorobabel] ... e me revelou que as rabanadas eram a imagem do pão molhado [Jo 13.26]  Foi a partir desses fatos, que o Espírito me retirou desses lugares, e me instrui, na solidão do meu quarto, à Leitura das Obras dos Justos!

'Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros;
o SENHOR atentava e ouvia;
havia um memorial escrito .. [pg. 41] ..

diante dele para os que temem ao SENHOR
e para os que se lembram do seu nome.' 

Malaquias 3.16  
!

          'memorial escrito' : tábua dos céus : En 103.1 ; En 105.16 ; En 105.17En 105.23 .. [memorial conf. o 41 : a partir dos 41 anos, tempo após cumprir-e os 40 anos da imagem do deserto (tanto em Moisés quanto em Cristo, conf. descrito em Ez 31) na Forma da Escadaria da Figueira].

!

          Para quem 'conhece' a Palavra [do Espírito Vivo, e não o da letra morta], sabe, perfeitamente, que este memorial são os Livros descritos por toda Palavra e que são abertos perante o Senhor [O Ancião de Dias] em Alma [pois veio na carne, para que, em Alma se encontrasse frente à Palavra - Ap 20.11-15 - ao descanso do 8º dia, cito por Assembleia em Hb 12.22, e do 8º em Sophia] e que, ao serem 'conferidos' pelas Almas da Luz que O cercam [as miríades que O acompanham na carne à Obra, e encontram-se em Alma, à Sua frente] geram O Livro da Vida do CordeiroAp 21.27;
          ! que deveria vir na carne, em Sua Casa Espiritual que o acompanhou, e passar por sua palavra [parábolas] que o descreve por filho pródigo que dissipou os próprios bens [pois teve que se encontrar do outro lado do abismo, com Abraão a olhá-lo e a consolá-lo por gota em sua língua, quando o Espírito da Casa o iluminou (aos textos devidos), confirmando o seu caminho desde sempre, pois assim cumpria, por ter sido considerado lixo e soberbo por todos que o rodeavam à crucificação, quando jamais quis ser maior do que O Santo Espírito que a tudo gerou - eis a citação : 'e meu manto púrpura', no texto O Hino da Pérola]. 

...


          Os Livros descritos na Palavra
          ... [Da Confirmação do Confronto, pg. 68, conquanto a Luz do 68 se apresenta nos tempos em que se dedilha folhas infantis] :
...
'Um rio de fogo manava e saía de diante dele;
milhares de milhares o serviam,
e miríades de miríades estavam diante dele;
assentou-se o tribunal, e se abriram os livros.'
Daniel 7.10 (12.1,4)
...
[O Livro de Enoque os descreve, a partir do Ancião de Dias :
46.1 ; 47.3 ; 48.2 ; 54.1 ; 58.1 ; 70.12,15,16,18]

...
...

O Livro das Guerras do Senhor
O Livro da Lei de Moisés
O Hino do Arco do Livro dos Justos *
O Livro da História de Salomão
O Livro da História dos Reis de Israel
O Livro da História dos Reis de Judá
O Livro do Testemunho
O Livro da Lei [na Casa do Senhor*]
O Livro da Aliança

O Livro da História de Natã

O Livro da História de Semaías
O Livro da História do Profeta Ido
O Livro da História dos Reis

O Livro de Lamentações

O Livro das Crônicas
O Livro dos Feitos Memoráveis
O Livro da História dos Reis da Média e da Pérsia

...

          Debaixo do Espírito das palavras destes Livros, o filho trilhou o seu caminho durante o seu tempo de degredo, até que o Espírito da Sua Casa o iluminou para a confirmação e conferência do que lhe cumpria debaixo dos textos e vida dos Justos da Luz, quais o Santo Espírito [da Sua Casa] o guiou no Templo, ao reconhecimento [em que ele sempre soube quem é, por todos que confirmaram seu novo nome]: eis a entrega da obra devida descrita por Paulo [1Co 15 *6 ; *28 ; *58] e por João [Ap 21.27].

...

          Esta 'Unidade das Almas' ocorre pela Palavra da Promessa:

          - desde os 60 - o 'madeiramento' do Templo .. [dedicatória].

          - pelos 65 - refere-se à parábola dos 65 anos [Is 7.8], pelos 2 tições de Isaías [Is 6.5] que se estendem, por imagem, nas 2 Testemunhas Mártires [Ap 11.3,9,12], sendo estas duas testemunhas, as imagens da Obra do Espírito Santo no espelho da face do filho [ou seja: ele mesmo, nos 2 tempos da obra que lhe foi confiada - a 1ª Forma, crucificado na cruz, e a 2ª Forma, crucificando-se a si mesmo [a cruz do seu caminho, descrita na Gene - Parte 5 - nt 17] p/ que a parábola da prodigalidade [15] se estendesse a partir do Corpo das Almas Justas, que o iluminaram à descrição da Forma da Obra no cumprimento do seu caminho].
          - aos 70 anos descritos por Daniel [por Jeremias], refere-se à compreensão entre as 70 ou 72 vestes sacerdotais [conf. Êx 28, são 72 formas], pelos 70 anos da Fundação do Estado de Israel, em 14/05/1948 [Is 66.8, e não só].
...
'no primeiro ano do seu reinado, eu, Daniel, entendi, pelos livros,
que o número de anos, de que falara o 
SENHOR ao profeta Jeremias,
que haviam de durar as assolações de Jerusalém,
era de setenta anos.' Daniel 9.2

...
          Quando a Consciência dessa Luz se fundamenta ... [9.2, 1º Grau de 92, seja na data da passagem, seja nos post's da Forma da Capa] ... as palavras da entrega ... ['Quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas, então, o próprio Filho também se sujeitará àquele que todas as coisas lhe sujeitou, para que Deus seja tudo em todos.' 1 Co 15.28] ... brilham em Luz Inatingível ... [na consciência do Espírito do Filho, pelo que fala João 3.13: 'Ora, ninguém subiu ao céu, senão aquele que de lá desceu, a saber, o Filho do Homem [que está no céu].' 

          Ou seja : no céu da sua Consciência Espiritual, acima [Ef 4.10] das demais consciências carnais, ao completar o 'tempo de conferência' do seu caminho ... [i.e.: 'quando, porém, todas as coisas lhe estiverem sujeitas'] .. no tempo dos 28 [Lv 27, em 1 Co 15.28, ou seja: o 1º grau de compreensão dos 15 degraus da infância espiritual da Luz Imaculada na descrição da Forma da Sua Manifestação].
...
'Mas tendes chegado ao monte Sião
e à cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial,
e a incontáveis hostes de anjos,
e à universal assembléia (v.22)
e a Jesus, o Mediador da nova aliança,
e ao sangue da aspersão
que fala coisas superiores ao que fala o próprio Abel. (v.24)

-
Tende cuidado, não recuseis ao que fala.
Pois, se não escaparam aqueles que recusaram ouvir quem,
divinamente, os advertia sobre a terra, .. [ Didaqué 11.7 - ref. Profetas ] ..
muito menos nós, os que nos desviamos daquele que dos céus nos adverte, (v.25)
aquele, cuja voz abalou, então, a terra
agora, porém, ele promete, dizendo:
Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra

mas também o céu. (v.26)
Ora, esta palavra: Ainda uma vez por todas
significa a remoção dessas coisas abaladas, como tinham sido feitas,
para que as coisas que não são abaladas permaneçam. (v.27)
Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça,
pela qual sirvamos a Deus de modo agradável,
com reverência e santo temor; 
(v.28)
porque o nosso Deus é fogo consumidor.' (v.29)
Hebreus 12
...
          De que fala Hb 12.22-29:

          Vs 22 - 24:


          O v.22 fala a respeito do nº 22: os 2 bois de Gideão [Jz 6.25-28] no espelho das Duas Testemunhas Mártires [Ap 11] da Obra de Cristo sob as Palavras da Igreja Primitiva [Ap 19] que pela carne passou e encontra-se no Céu dos Céus [A Consciência do Espírito em Luz Inatingível - *15];

          O v.23 descreve a Páscoa do Senhor, e confirma a Unidade das Almas da Luz que pela carne passaram cumprindo seus caminhos [Hb 11.32-40] junto ao Senhor [O Ancião de Dias];   
          O v.24 descreve o Sangue da Aspersão debaixo do Espírito do nº 24:
          
          1] os 24 da finalização [Ap 4.4,6 ; 5.8 ; 11,16 ; 19.4] vestidos com as vestes da Luz [Êx 28];
          2] 12 tronos por 12 tronos: a Unidade do Julgamento [Mt 19.28 ; Lc 22.30];
          3] o dia 24 [Dn 10.4] do 1º mês da Consciência da Obra [laterais da Bíblia]: o 24º Dia [Ag 1.15 ; 2.10,18,20] em que o pano de saco [Ne 9.1] fez-se presente na consciência do caminho do filho, em seu novo nome, o qual somente ele sabe qual é [Ap 19.12], revelado, em Espírito, aos que o seguem [Ap 19.14]!

          Vs 25 - 29


          A Remoção da acusação que manifesta o abalo pela Consciência do Espírito da Luz, derramado em Plenitude sobre todos os participantes da Mesa da Graça - aqui encontram-se os que estão [1Co 15] pelo Fogo da Luz em Misericórdia, e os que estão pelo Fogo da Destruição.



...
...

          I - Presta-se atenção ao Fogo Destruidor : Consumidor e Devorador do Espírito, que refere-se à Guerra Espiritual contra o erro e engano do pecado [em si mesmo, e não, outrem], só considerado e reconhecido por quem está debaixo da Palavra Viva do Espírito da Verdade ...

...

          §1 - portal p/ a miséria da compreensão humana, que decreta o 'fogo devorador do Espírito' na imagem da Guerra, tal como o homem a concebe : um contra o outro - a história do olho por olho, descrita por Ageu 2.22 [que, na Verdade, refere-se à obra de Zorobabel no 24º dia do mês 9º] assim descrita por Zacarias : 'Certamente, já não terei piedade dos moradores desta terra, diz o SENHOR; eis, porém, que entregarei os homens, cada um nas mãos do seu próximo e nas mãos do seu rei; eles ferirão a terra, e eu não os livrarei das mãos deles.' Zc 11.6] ..'.

          - a história do olho por olho é citada no Monte [Manhã 2º Dia - Urim / Tumim - pg. 18], em Mt 5.38, no espelho exato dos 5 pavilhões que descreve a história .. [Parábola do Espírito] .. do homem enfermo a 38 anos [Jo 5.1-5] que reflete nos 38 anos da floricultura.


...
          §2 - Zacarias 11.6, refere-se à outra história (nºs - conforme a compreensão de cada um) - refere-se aos 6 anjos dos 6 dias da criação para o sábado do descanso - isto ocorre quando os 11 apóstolos sentam-se em 12 tronos para julgarem as 12 tribos de Israel [Mt 19.28] - o 12º está descrito em Atos 1.26 (Matias representa todos os que, a partir daí, sentaram-se à mesa da Obra do Reino, durante o tempo determinado do retorno: os 2 mil côvados), descrito de duas formas, que refere-se à uma única :

          1 - 'Fora da cidade, do lado oriental, medireis dois mil côvados; do lado sul, dois mil côvados; do lado ocidental, dois mil côvados e do lado norte, dois mil côvados, ficando a cidade no meio; estes lhes serão os arredores das cidades.' Nm 35.5


          2 - 'Contudo, haja a distância de cerca de dois mil côvados entre vós e ela. Não vos chegueis a ela, para que conheçais o caminho pelo qual haveis de ir, visto que, por tal caminho, nunca passastes antes.' Js 3.4


          Esses 2 mil [Mc 5.13] refere-se ao tempo do Retorno de Cristo a cumprir as Parábolas do Reino da Luz [Mt 24.32Ez 47.12Ap 22.2na descrição do seu caminho [que refere-se aos rumos da sua consciência - a cidade que descrevi em Ez 9/pg.24que não é comum aos demais que estão 'fora da cidade' , pelas ribanceiras que citei em Janeiro/09 ao linkar as Pombas- os 4 lados [da sua compreensão] na face do Templo :


          - ora : Jesus Cristoexiste pela Obra do Reino da Luz, e essa Obraexiste na Consciência do Espírito Santo [Seu Templo] e Nele, fala todo o Seu Corpo Espiritual na Luz do Tempo :


          * na soma das 4 faces de 2 mil : 8 mil [a citação da espada do 8º milênio descrita por Enoque 92.13 - refere-se à Família Bendita descrita por parábola nos caps. 38-40]; 


          * em 2 mil, Isaías assim descreve os 2 tempos do seu retorno : 'Será que em lugar de perfume haverá podridão, e por cinta, corda; em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste suntuosa, cilício; e marca de fogo, em lugar de formosura.' Is 3.24 :
...
          - é possível enxergar os 2 tempos da forma do seu retorno, e o que lhe cumpria para que estivesse de forma oposta à sua 1ª vinda? ... [toda a Graça dos Seus Estados?] ...
...            
          - por esse motivo falou-se a Nicodemos : 'Tu és mestre em Israel, e não compreendes estas coisas?' Jo 3.10 ... 
...
          §3 - esse é o Tempo em que a compreensão humana revela a sua miséria [1Co 4.5] ao decretar que 'um seja contra o outro', quando o 'um que devora o outro' está dentro do próprio ser humano : que este conceba devorar-se [ou seja: purificar-se] a si mesmo, espiritualmente : da própria soberba, inveja, mentira, mesquinhez, luxúria, escárnio, insensatez, prepotência, arrogância, hipocrisia, sordidez ... e afins .. !

...
...

          II - E esta Verdade fala claramente do filho [do homem] - assim descrito porque o Próprio Deus viria na carne com toda a Sua Casa, para que, após o Seu Tempo, encontrar-se em Alma pela Palavra dos Seus Justos [Jr 15.8,9] na conferência do que cumpria ao seu filho, realizar : a descrição do Livro da Sua Vida [descrita por Livro da Vida do Cordeiro], na ressurreição do Seu Corpo.


...
...

[liga-se ao pos't ... 'Das 24 semanas' ...]...


...

...

3 comentários:

  1. Por entre letras e palavras imensas, percebo que tenho a primazia de fazer um comentário neste Blog.
    Muito li...muitas PALAVRAS e conhecimento...Sensibilidade e peito cheio de tudo que o mundo oferece a cada ser.

    Nada sei. apenas sei que há um conhecimento, uma procura incessante da perfeição, do saber, do querer um MUNDO MELHOR.
    A religião nada tem a ver com espiritualidade. A religião tem a mão humana, os interesses e a sua "verdade". Espiritualidade é o ser dentro de cada pessoa e o uso que cada um faz de si.
    Nada sei. Apenas deixo que as cores da vida não se tornem demasiado cinzentas.
    É o começo de um Blog que parece poder ter muita controvérsia, muita opinião... Mas afinal o mundo é orientado por humanos, que nem sempre seguem as melhores linhas e o trilho fica torcido...
    Espero voltar e encontrar mais PALAVRAS e mais MÚSICAS...
    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Este post recebeu primeiros link's em 29/01/2014, e foi atualizado com link's finais em 02/11/2014, dia em que foi publicado o post L.I., com as Linhas Interativas Do Escopo!

    ResponderExcluir
  3. Este post foi re/conferido c/ acertos e link's em 24/11/2015.

    ResponderExcluir