sábado, 11 de dezembro de 2010

All In Love Is Fair!

Imagem nas Guias :
...
Núcleo / Bios
Núcleo / Casa
...
Vergonha? ...
...
Eu?

...


    


            Não; eu não sei o que é isso,
          ainda que aparente o contrário!
              Eu nuca tive vergonha de nada,
                   absolutamente nada,
              por não ter vontade própria!
                   A minha, não é minha,
mas sim Daquele que aqui me enviou e me disse:
            'Vai, e faz! E então, me verás!
                   Verás quem Eu Sou!'
                         - E eu não pestanejei!




...





Vergonha por ter nascido pobre? Jamais!
           Pobre, mas Digno;
                      Simples, mas Honesto!
    E isto, jamais, por toda a minha eternidade,
        terei palavras suficientes para agradecer!
   Jamais; mesmo que eu tente encontrá-las,
    perdidas aqui ou ali por entre encontros
                                  e desencontros...
                                eu jamais as terei...
                             jamais as encontrarei...
                               mesmo que queira!
                   como herança das heranças;
                                              riqueza;
                        fortuna das fortunas,
              onde ouro algum corrói,
                             nem a nada corrompe;
                        nada; absolutamente nada;
               e lugar aonde a Dignidade se faz
                     e se manifesta por Si!
                              A Seu Tempo!





...



         
           E Honestidade,
               quanto ao pão que se come!
     Se come, e se serve do que se come!
          Exatamente o mesmo alimento; a todos!
        Em parte 'justas', 'certas', 'corretas' - Fair!
             Lisura! Hombridade! Caráter!
                      NobrezaPersonalidade!
             Esta é Herança verdadeira!
                                        Não há outra!
                             E desta, o mundo carece!

                                      All In Love Is fair!




...

Nenhum comentário:

Postar um comentário