domingo, 17 de abril de 2011

Iguais

Publicado em 01/02/11 e repassado em 17/04/11

...

...

Sou Teu igual: senhor de mim ... 

em e por meus atos!
Nem mais, nem menos ...
Tenho os mesmos anseios e, 
pasmem ... 

estou debaixo das mesmas condições ...
... aqui neste 'jardim'!


E o que faço, aqui ...
Será que busco ... ou procuro por algo?

O quê ... em um jardim ... ?
Jardim ... que jardim ?

Assim o dizem, não é ... ?
Jardim ... ?


...

É ... Jardim, isto é que é !!!
E aqui me enviaram para nele 'trabalhar' ...
...


Quem trabalha em um Jardim? Só Quem sabe!

Assim como só trabalha na vinha, Quem sabe!
Revirar a terra, qualquer um pode fazê-lo,
mas ... 
Nem todos o fazem ...
Sequer são chamados a tal, ou ...

Sequer se prestam a tal serviço,
e se ... dão 'cabo' !!!



E assim é, 

por todos os trabalhos que se apresentam,
mas ... 
Qual o meu trabalho aqui,
se sou igual a Ti ...
será que sou ? .. 
Não creio :
Te sou infinitamente inferior,
e por isto, aqui estou!

Lavro o Jardim da Tua Alma
pelo que Te podo com palavras, e,

Para que isto se desse
me foi confiado entregar-me a mim...
Por mim mesmo,
minha vontade

minha consciência ...
à Terra!



Nela, cada gota de suor que empreendi no aprendizado,

Hoje, uso no que revolvo,
adubo e podo a tudo que se apresenta!

E não é fácil, isto, porque há de se ser 'justo', e nisto ...
Que responsabilidade quanto a 'ranking de caráteres' ...
Meu Deus ... o que faço eu ?


Nada; absolutamente 'nada' !

Não podo caráteres !
Mas testemunho o meu , por Ti ...
Porque Te sou infinitamente inferior !!!


...

...

14 comentários:

  1. muito lindo, eu tenho até uma certa inveja
    axo lindo quem sabe escrever palavras de uma maneira que nos fazem refletir, parabens
    agradeço por fazer parte dos meus amigos

    ResponderExcluir
  2. amei, tem td haver com o que estou sentindo e vivendo, querendo e agora fazendo...

    ResponderExcluir
  3. Adorei.....Um poema para refletimos. Não somos iguais, somos infinitamente inferiores a Deus. Realmente, não somos e nem nunca seremos.
    Um poema q faz vc, refletir, enfim.
    Henrique, vc tem um dom maravilhoso, conseguir escrever o q lhe vem nálma, e bem. Parabéns.

    ResponderExcluir
  4. Rui Gabriel de Azevedo18 de abr de 2011 02:20:00

    Superioridades e Inferioridades ...
    Pois é. Poxa ... qué que eu posso falar aqui?
    nada; só pensar, e mais nada.
    Abraços. Henrique!

    ResponderExcluir
  5. Joyette Daud 18 de abril às 02:37
    Olá, Henrique ! Gostei muito do poema IGUAIS. Ele aborda uma reflexão que sempre fazemos : Qual o sentido de estarmos aqui ? Fomos convocados ou escolhemos estar aqui na Terra para " trabalhar" nossas almas e também a dos outros semelhantes. Não entendemos porque nos cabe esta missão, se somos tão inferiores a Ele...
    Mas em comunhão com Ele, não somos inferiores, somos IGUAIS ! Beijos & abraços !!

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante Henrique...concordo plenamente com o que Joyetee disse.Foi bom para a gente refletir e rever sobre as nossas obrigações aqui na Terra. Continue enviando para mim..é um prazer recebe-los.Beijos

    Léa Lopes

    ResponderExcluir
  7. lindo poema meu amigo, continue adubando as nossas mentes e coraçoes com a sua escrita.
    obrigada e um bj

    ResponderExcluir
  8. Amigo todos nós vamos estando em harmonia com a natureza, temos que nos moldar as situações diárias que vão surgindo sem contarmos, evidentemente que temos uma protecção superior que vai velando os nossos actos. Dai que a nossa vida é pautada de coisas boas, tendo algumas vezes amarguras, mas faz parte da nossa condição de seres humanos. Bjkas

    ResponderExcluir
  9. Ya ya! Thwack; wowowow ... caricature of characters ...
    this is what this world deserves: nice, my friend. Ya!
    Sharing [to draw] - th send u bymail. Big hug.

    ResponderExcluir
  10. Estás inspirado, meu amigo sagitário! Me fez refletir e sentir, como há muito não sentia. Obrigada!

    ResponderExcluir
  11. Jardim, vinha, poda ...
    Existem muitas outras ações que acontecem em um jardim.
    Acho que está se humilhando.
    Ser humildes sim, e não aceito a auto humilhação.
    É interessante pois espero que faça com que as pessoas reflitam.
    Comentário-Shizuo

    ResponderExcluir
  12. Boooommmm Diiiiaaaa !! :) de dia.

    Olá Henrique.


    Tentei postar um comentário.
    É um saco você tem que estar amarrado
    em algum lugar.
    É muita frescura.

    Mas aqui vai.

    Você fala de jardim, de vinha e poda.
    Existem muitas outras ações que acontecem em um jardim.
    Dessa forma considero que o olhar de quem fala está por demais diminuído.
    Ao final sinto que a pessoa se humilha.
    Gosto de pessoas que são humildes e não daquelas que se humilham.
    Considerei interessante para fazer as pessoas refletirem.
    Abraços

    Shizuo

    ResponderExcluir
  13. Adorei!
    Um belo poema para reflectir! Uma coisa tão necessária nos dias de hoje.
    Parabéns
    Um abraço
    Continua!!!

    ResponderExcluir
  14. Belo se faz seu transcrever a demonstrar toda a sua riqueza da alma!!!Um questionar sobre qual a nossa função nesse "jardim"...creio que todos nós nos fazemos essa pergunta, ainda mais qdo nos deparamos com as pedras em meio a ele e nos sentimos frágeis e desanimados...pois nesses momentos é que "ele" espera de nós que saibamos resistir e tenhamos a fé necessária para continuarmos a caminhar de cabeças erguidas e confiantes... afinal "ele" nos considera seus filhos e portanto nunca seremos inferiores à ele e a ninguém!!!

    ResponderExcluir