segunda-feira, 30 de maio de 2011

Espadachim

Escrito em 02/02/11 sob muita tristeza, p/ causa de constantes email's e telefonemas indesejosos que recebia diariamente por postar fotos de pobreza e miséria no Orkut e Face, e amizades que [nunca foram] se desfaziam como névoa .. até que fechei a pág. do Orkut. Mantenho a música original do link de partilha: Canta Minh'alma! Basta clicar com o direito do mouse, abrir em uma nova guia, e ouvir enquanto lê o poema!

...

...

Por favor, eu vos peço: sem Lágrimas:

não são por elas que o caso se dá, aqui!
Qual, e a quem, há 'exclusividade'?
Na Verdade, a todos!
Assim penso, mesmo sabendo que assim não é,
mas ... o que posso fazer, se assim sou? 
Porque a pena da minha língua por meus dedos
É descerrada como por 'espada desembainhada',
e decepa a tudo que se encontra à minha frente, 
sem que eu algo meço , senão o momento, e ...
A alma de cada um ...
em minha 'cegueira' ...
pelo meu coração!


as minhas estão em primeiro plano,
... alma e cegueira ... 

pois de mim, é que parte a ceifa ... 
de mim, e em mim ... a da nudez:
sim ... a da nudez da solidão do momento, 
por imagem refletida no espelho, em ti ... 
da noss'alma ... à frente ...
E é uma solidão de silêncio infinito,
sobre todos [que estão] ao redor ...
almas ... e almas ...
em aguardo ...


A todos escrevo ...
Em que, cada um
se revela como por espelho, em mim,
E ... Meu Deus ... 
Deu-me Graça para erguer a espada pelo próximo, e,
Se assim é, e é, então, de que Forma me sustento,
Pelo que escrevo, a todos ... 
como se 'por um', somente ... 
... em infinito, solene?


O caso, é que 'amizades', verdadeiras , 
não se compram nem se barganham , 
porque se reconhecem a si , e portanto 
não nos deixam, por exclusividade alguma , 
seja esta a da Confusão , ou ...
o que aparentar ... por 'reflexão' ...
... por esta não se deixa levar!
Compreende o seu momento de busca ...
na solidão do seu encontro ...
... insubstituível!
E aqui está a beleza à que me propus!


Mas às vezes é necessário que isto ocorra ,
a nossa própria ceifa ...
Para que outras se apresentem , 
Sem Confusão!
E, quiçá, as que deixem de ser ,
Compreendam a Cidadania do Espelho [?]
Se assim for , Me verá Nela
no que Se verá em Mim!
E Verá que sempre se deixam rastros ... 
no que se olha para os seus próprios ... pés!


compreenderá assim, que, pela Graça,
a minha exclusividade a ninguém pertence,
Senão que eu não sou mais do que sou, em mim,
Nela e por todos os que me têm por mero ... 
... responsável ... 
e simples ... 
Mercador de palavras !
Verdadeiras
Em sua beleza
de


Espadachim

...

...

13 comentários:

  1. Hey, buddy, removing the sword from its scabbard ...
    is only necessary when coppicing,
    but few if butchered, first, themselves ...
    We must first see ourselves, and then ...
    You are a great soul, with a wonderful heart.
    and is an honor to be my friend.
    I thank God for that!
    Hugs.

    Jennyngs

    ResponderExcluir
  2. Ô Henrique ... ninguém se retalha ...
    O pessoal tá mais preocupado com zueira!
    Ainda bem que vc é eu primo ... kkk!

    ResponderExcluir
  3. "...'amizades', verdadeiras ,
    não se compram nem se barganham ,
    porque se reconhecem a si , e portanto
    não nos deixam, por exclusividade alguma , ..."

    Lindíssimo poema, Henrique!
    Amei!!!

    Abçs.
    vanda

    ResponderExcluir
  4. Muito direto, franco e bonito.
    Parabéns novamente. bjs

    ResponderExcluir
  5. Acho que temos sempre que ter o espadachim latente dentro de nós...para irmos ceifando tudo aquilo que nos incomoda...bjs

    ResponderExcluir
  6. Magnifico...Vc escreve mto bem mesmo, sem falso elogios. Vc tem o dom das palavras, da escrita. Está bem claro, e vc escreve com a alma. Sinceridade, verdade absoluta. Gostei............

    ResponderExcluir
  7. Olá, Henrique ! Desculpe pela demora, mas acabei de ler o poema. É muito bom. As faces de cada um se revelam diante do espelho da verdade, e a verdade às vezes choca. Obrigada pelo convite à leitura ! Abraços & Beijos.

    ResponderExcluir
  8. thank you and i love it. it reflect my hearts .. i like your poem Henrique thank you have a good day and weekend to you and family

    ResponderExcluir
  9. Truth is most often multi-faceted just like a precious jewel. Your poem reflects life and its various colors!!!Thank you for sharing it with us.

    ResponderExcluir
  10. Gostei viu e muito do Blog! Obrigada pelo convite amo poesias muitíssimo obrigada mesmo!

    ResponderExcluir
  11. Olá poeta! Adorei, escreves mto bem e já citei antes, profundo. Bela música tb, como fundo.

    Denise

    ResponderExcluir
  12. Hoje, 04/11/2014, este post recebeu acerto final de link's, p/ back-up geral.

    ResponderExcluir
  13. Este post foi conferido e link's [Pena] em 25/11/2015.

    ResponderExcluir