sábado, 14 de maio de 2011

Fala!

Publicado em 02/02/11 e repassado em 14/05/11 sob o The Sad Dream

...


...

... Voz ... 
... Eco ...
... em ...
Turbilhão ...


por águas da maré .

Do 'mar' que não se vê ... 
mas encharca ... 
Ensopa pela música
essa , que me tolhe a Alma,
Em e por todos os meus sentimentos ,
E só me escuta ,
quem é capaz de me compreender ...

...

Simplesmente fico .. sem chão , 
com o som desse sussurro ...
Da mesma Forma que fico sem chão 
por palavras ...
Ainda que estas inexistam ,
E as que são ,
Não se sustentem por si !

E de que música falo , 
... senão da Tua Voz ?
Voz ... voz que sois vós ...
... em eco ...
Eu o ouço nas paredes do Meu Templo ...
E de pronto , tudo se restabelece, e ,
não pensei que se daria novamente ...

...

Que responsabilidade ...
Na Verdade , dela corri ,
mas ... me alcançou ,
e zune ...
.. zune ...
.. zune ...


...

E , por qual motivo eu corri ?
Porque eu sabia que este dia chegaria
e eu estaria à tua frente , 
e de todos os demais ,
de joelhos ,
feito um mendigo
implorando pelo pão da vida
que não é mendicância , 
pois nunca o concedi desta forma !

Na Verdade
A estrutura desta muralha estremece ...
À Tua simples presença ... 
e quem a sente ?
Quem , a compreende ?
Quem a ouve ?

...

De onde vem ... 's,
Tu
ó Voz que és , 
sois 'vós'?

És parte de Mim , 
por isso Te ouço !
Sim ; eu Te ouço
ainda que isto não aches ...
E é fácil , assim pensares , mas ... 
não ! Não Te enganes , 
porque só Te ouço ,
E sei que Tu , não imaginas isto !
... e o que imaginas ?
me pergunto ...
por migalhas no chão .

...

Não sabes de onde vens , 
nem para onde vais ...
És como o vento , 
Tempestade em seu caminho ,
Que, ... por onde passa, ...  a tudo revolve , e ,
Sequer se incomoda pelo estrago que causou ...
Porque não tem consciência da voz que é ...
Voz , que sois vós ... !!!

...

!!! Tu ,
Que de novo ...
Falas ... 
e falas ...
e falas ...

...

E sopras ...
e sopras ...
e sopras ...
Feito Temporal ...
Que és ...

...
...

11 comentários:

  1. Pra variar , o que me deixa em êxtase , é sempre um conforto para os olhos ler o que escreves!! Não resisto a compartilhar na minha página !Keep going Henrique!!!

    ResponderExcluir
  2. Na verdade "sinto" esta escrita como um verdadeiro TEMPORAL que passa e traz consigo uma destruição aparente, porque é essa a primeira palavra que encontramos para definir um temporal...Mas o TEMPO é isso mesmo! É cada momento que aproveitamos da VIDA que não sabemos que temos. Então, tudo fica confuso...sem jeito! A forma como escreves e deixas um tumulto, uma "confusão", que obriga a uma e outra vez de leitura atenta. É que, na verdade, levamos anos a passar na mesma rua, até que um dia, alguém fala duma casa bonita, que nunca vimos! Como é possível passar todos os dias da nossa vida sem conseguirmos VER tanto do que somos e que um dia descobrimos!?Assim, também, as tuas palavras ecoam e confundem as regras e a rotina que nos acompanha. Elas soam como um temporal e temos de voltar a olhar e olhar, até percebermos que elas apenas querem polir a crosta que criámos com as rotinas...

    ResponderExcluir
  3. Você .. Eu logo vi, que vc mandando o Rick Wakeman, àquelas horas da manhã, tinha coisa, pq eu te conheço, afinal de contas, somos Primos, e Vizinhos , mas pow ... que é que está se passando? Será que eu imagino? E com essa música do Rick Wakeman ... é de chorar; eu fiquei perdido na leitura, mas é isso aí ... Falar mais nada, senão que o Inglês está correto ; e é arcaico ... ninguém mais usa esse tipo de dissertação, essa que é a Verdade! E é isso aí ; falar mais nada , só agradeço por vc ser meu Primo, e Vizinho ... e às vezes eu berrar com vc pra abaixar o som ... agora eu sei o que se passa ... Turbilhões ... mil's ... Com Deus!

    ResponderExcluir
  4. TkU, friend; senses by senses ... Beautiful & don't is easy, beauty in words, but here ... Sharing in chann. Cheers & Hugs 2U!

    ResponderExcluir
  5. Celine Palola - you don't have to feel sorry pardnern you are busy with writing books. I really like your poems, I enjoy poetry to the fullest and God bless your heart. PS, did you recieve the photos I sent you?/ cowboy

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito, Henrique ! É quando olhamos para dentro de nós mesmos e, no silêncio da nossa consciência, escutamos a nossa Voz interior. Ela vem do mais profundo do nosso Eu em comunhão com Ele. Daí é que vem a sabedoria e a evolução ! beijos & abraços.

    ResponderExcluir
  7. E sopras ...
    e sopras ...
    e sopras ...
    Feito Temporal ...
    Que és ...

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante!!!Retrata a procura do reconhecimento e controle do nosso "eu" mais profundo aquele que nos rege,porém essa busca nada fácil se faz pois num mesmo dia passamos por diferentes renascimentos dependendo das situações com as quais nos deparamos e assim esse "eu" se assume diferenciadamente!!!Essa busca no leva a esses questionamentos que tão bem nos repassou e nos deixa por vezes atônitos por não podermos realmente termos o controle sobre ele para realmente evoluirmos na nossa interiorização que nos dará o direito de decidirmos os nossos atos para caminharmos de forma mais harmoniosa nessa jornada!!!Parabéns pela bela reflexão à nos concedida!!!

    ResponderExcluir
  9. Muito lindo!!!! Realmente, como ja disse antes, vc escreve, literalmente, com a alma, é profundo, sinto q a transparência, é real é belo e uma entrega.

    ResponderExcluir
  10. Hoje, 04/11/2014, este post recebeu acerto final de link's, p/ back-up geral.

    ResponderExcluir
  11. Este post foi linkado [Te Ouço] em 25/11/2015.

    ResponderExcluir