segunda-feira, 28 de abril de 2014

Plataforma!

...

Os 4 Graus da Consumação da Caridade!


...      

...

          I Grau!

          Passei por retorno no Umarizal, às 15 hs, e lá, após o médico ler o laudo, me informou das condições à fisio, e que aguardasse por telefonema. Chegando à casa, pensei na tarde de ontem, 27, em que a passei triste e chateado p/causa de discussão c/ minha Mãe, Tia e Irmão, devido peças de ferro das Flores, que estão apodrecendo [enferrujando] e a Mãe coíbe o desvencilho.

          Conversei p'ra fazer uma plataforma na parte interna da casa, pq não consigo + descer as escadas, mas foi uma confusão. Falaram p'ra fazer na parte externa, mas não podemos por causa do nosso tio [citei o fato], que, desde que meu Pai saiu da carne, nos atribula com seus filhos [cretinos e venais, intentando tomar o nosso teto].

...

          II Grau!


          As condições que se apresentam [comprar terreno n'outro lugar p/ construir casa térrea] me deixam triste, pq não quero vender a casa ; por milagre financeiro, posso abrir a Fundação Casa Ancião de Dias , ou, doá-la à Igreja de J. Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Na Verdade, o milagre ocorre [tanto no Ancião de Dias  quanto no Cristo dos Últimos Dias] em minha consciência : nela, A Casa do Ancião está fundamentada aos justos nestes Últimos Dias da Plena Consciência de Cristo. .. em que a primeira casa, na R. Nossa Sra. do Pilar, foi por eles [mórmons - IJCSUD] comprada. 


...


          III Grau!


          Das condições que me entristecem :


          1] vender a Nossa Casa, porque sou impedido de reformá-la e adaptá-la às nossas necessidades : minhas, as da cadeira de rodas devido à doença que persiste por me faltar a tal fé, que não discerne pela Verdade [pois não a requer] ; e nossas, por minha Mãe e Tia que entram na idade ;

          2] estou só, e somente o Meu Espírito me guia ao que nos será , registrado na terra e céus deste testemunho [isto é alegria que se torna tristeza quando os demais - que não confio - denigrem essas Verdades] ;

...


          IV Grau!


          E, porque tristezas precedem alegrias, também aqui ocorre pelas Formas do Ministério do Retorno nos espelho das 30 moedas do Salmo ['Ao anoitecer, pode vir o choro, mas a alegria vem pela manhã.' Sl 30.5] ; eis a manhã : os 4 pilares do coração se revelam por Formas, em cada região que se apresentam [p.ex : III/pg.4 ; Da Gestação], e aqui, estão nos 4 post's da Páscoa que têm no Intuito II o seu átrio :


          Páscoa [1]

          Páscoa [2]
          Páscoa [3]
          Páscoa [4]

          Este é o mesmo átrio descrito na II Oração, pg. 10, aonde se encontram os que ministram no Interior do Véu. À frente deles, as palavras destes 4 fundamentos movem-se [En 39/pg.36] à imagem dos Nossos Limiares, pelos fatos neles contidos : o retorno de Cristo, que a si mesmo se martirizou durante o tempo da realização da Sua Palavra, e Sua Mãe, que o acompanhou em tudo, teve a alma traspassada com o percalço à frente de toda a Corte Celestial [que pura e simplesmente se limitou à conferência dos fatos].


...


          Dos Graus!


          1] interior do Véu [Felipe 130-137 - Para além do Véu, 8-10].

          2] estes 4 Graus são espelho dos Graus do Diploma .. [o IV Grau é o caminho da consumação da caridade na forma da sua revelação q não se ufana ao reconhe/to, senão que, na sua descrição, quebra o fardo que a agrilhoa : a Libertação das Formas do Sevenfold].

          Sevenfold : A Doutrina da Criação [citado em 7 Divisões ; Acerto 1 ; Enoque, caps. 2 ; 7 ; 21 ; 31 ; 42 ; 43 ; 45 ; 59 ; 97].
   
...
...

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Do Intuito II

...
Da 1ª Ressurreição!

...
...
Apocalipse 20
[Espelho da Parábola dos siclos : Nm 32.11:
'De vinte anos para cima' .. ref. Ez 20]
...
lançou-o no abismo, fechou-o e pôs selo sobre ele
Depois disto, é necessário que ele seja solto pouco tempo. v.3

          ! Refere-se à primeira parte do destrinche dos versos [textos], entre 2005-09 ; após, um tempo de 'repouso - 2011', até a retomada em 2012 à finalização / confronto dos textos .. [a segunda parte do destrinche dos versos].

Vi também tronos, e nestes sentaram-se aqueles 
e não receberam a marca na fronte e na mão
 Esta é a primeira ressurreição. v.5
pelo contrário, serão sacerdotes de Deus e de Cristo 
e reinarão com ele os mil anos. v.6

          ! 'Parte na primeira ressurreição, qual a segunda morte não tem autoridade', fala do confronto dos textos na Revisão à Reunião ao Templo, qual script Ez 40[8] cita Lc 13.25 : 'Quando o dono da casa se tiver levantado e fechado a porta ..' ..

Marcharam, então, pela superfície da terra 
desceu, porém, fogo do céu e os consumiu.
[O fogo desceu na Forma 20 x 40 - cabeçalho]


Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo
...
...

          O Espírito reside nos link's [que resumem as Formas descritivas : a face da Porta Fechada, ie.: aonde cada verso se finda]!

...
...

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Páscoa [4]

...

          Nesta Páscoa, descrevi os 18 da Torre e os publiquei na relação dos Justos ; em conjunto, terminei os link's dos mártires na pág. Primeiros, e criei a lauda Sobre [com a relação dos filhos d'alguns mártires citados] ; neste instante, recebi os 14 Auxiliares :


Sto. Acácio

Sta. Bárbara
São Brás
Sta. Catarina de Alexandria
São Cristóvão
São Ciríaco
São Denis
Sto. Erasmo
Sto. Eustáquio
São Jorge
Sto. Egidio
Sta. Margarida de Antioquia
São Pantaleão
São Vito
   
          De pronto, vi os 14 textos da Bios na imagem das 14 árvores , e assim, o Espírito Santo unifica as Ordens das Formas da Sua Obra neste Tempo da Soberania da Sua Parábola : os limites do visível [nt's]!

...

domingo, 20 de abril de 2014

Páscoa [3]

...

Os Justos, Pais da Igreja!
A estes pertence a festa ... 

... pelo que suportaram e sustentaram a Obraregistro somente alguns; destes, a Obra se abriuGraças!

Pedro [Simão Barjonas: Mt 16.17] - Foi o primeiro Papa da Igreja Católica [ApRom] e Bispo de Roma. Foi mártir na cidade de Roma ~ 64 dC, durante a perseguição dos cristãos pelo imperador Nero [* Crucificado de cabeça para baixo no Circo de Nero a seu próprio pedido, por não se sentir de valor suficiente para morrer da mesma forma que o seu Senhor].

André - Foi o primeiro a levar o Evangelho para a terra dos canibais, hoje os países que compuseram a ex-União Soviética, região identificada por Cítia, por Eusébio de Cesaréia. Também pregou na Ásia Menor ( atual Turquia ), e na Grécia, onde foi martirizado. Considerado o fundador da igreja em Bizâncio ( Constantinopla - atual Istambul ), motivo pelo qual é considerado o primeiro Patriarca de Constantinopla [* Crucificado em uma cruz em forma de x].

Tiago, filho de Zebedeu e Salomé - Também chamado de Tiago Maior, e irmão de João. Nasceu em Betsaida, Galiléia. Tal como o seu pai e o irmão, era pescador no Mar da Galileia, onde trabalhava com André e Simão Pedro [Mt 4.21-22 ; Lc 5.10]. Tiago, Pedro e João foram os primeiros a abandonar tudo para seguirem Jesus como seus discípulos [Mt 17.1 ; 26.37 ; Lc 8.51], tendo sido dos mais próximos, tanto que participaram da Transfig., na agonia de Cristo no Monte das Oliveiras [* Decapitado, foi o primeiro apóstolo a morrer, por ordem de Herodes Agripa I, rei da Judeia, cerca de 44 d.C., em Jerusalém. É o único apóstolo cuja morte vem narrada na Bíblia : Atos 12.1-2 'Ele (Herodes) fez perecer pelo fio da espada Tiago, irmão de João'].

João - É o único dos apóstolos que chegou à idade avançada. Era o Líder da Igreja na região da cidade de Éfeso; cuidou de Maria, Mãe der Jesus, em sua casa. Durante a perseguição do imperador romano Domiciano, pelo meio da década de 90 d.C., foi exilado na Ilha de Pátmos; ali escreveu o último livro do Novo Testamento: o Livro do Apocalipse. De todos os 12 apóst., tornou-se o mais destacado teólogo; morreu de morte natural, em Éfeso, em 103 d.C., aos 94 anos. Segundo o bispo Polícrates de Éfeso em 190 [atestada por Eusébio de Cesareia na sua História Eclesiástica, 5, 24], o Apóstolo "dormiu" [faleceu] em Éfeso. Conta-se que a tumba estava vazia quando foi aberta por Constantino para edificar-lhe uma igreja.

Filipe - Era natural de Betsaida. Pregou o Evangelho na Palestina, Grécia. Teve um ministério em Cartago, Norte da África, e então na Ásia Menor, onde a mulher de um procônsul romano se converteu [* Crucificado e apedrejado, após ser preso e torturado pelo procônsul].

Bartolomeu [Natanael] - Fez viagens missionárias: foi à Índia com Tomé, voltou à Armênia, à Etiópia e ao sul da Arábia [* Esfolado vivo e, depois, decapitado em Albanópolis, atual Derbent, na província russa de Daguestão junto ao Cáucaso, a mando do governador].

Tomé - Foi ao leste da Síria. Tradições informam que pregou até à Índia. Os cristãos indianos chamados Martoma, uma denominação muito antiga dentro do Cristianismo, o reverenciam como o fundador dela [* Foi morto por lanças de quatro soldados, em Mylapore, na Índia].

Mateus - Pregou por 15 anos o Evangelho em hebraico para a comunidade judaica na Judeia. Mais tarde, viajaria pelas nações gentis e espalhou os ensinamentos de Jesus entre os etíopes, macedônicos, persas e partos. Ministrou na Pérsia (atual Irã) e na Etiópia [* Um dos mais antigos comentários diz que ele não foi martirizado, enquanto outros dizem que ele foi apunhalado até morrer na Etiópia].

Tiago, o Justo - Conhecido como Tiago de Jerusalém, Tiago Adelfo ou ainda Tiago, irmão do Senhor, foi uma importante figura nos primeiros anos do Cristianismo. Foi o Líder do movimento cristão em Jerusalém nas décadas seguintes [por cerca de 18 anos] à morte de Jesus e que sua conduta piedosa e atuante provocou a fúria dos sacerdotes, em especial o sumo Anás II, que instigaram as turbas a trucidarem-no, apedrejando-o até a morte em 63. De acordo com Hegésipo, os escribas e os fariseus foram até Tiago em busca de ajuda para eliminar as crenças cristãs. 

O relato diz:


“Ele vieram, portanto, em grupo até Tiago e disseram: "Nós te suplicamos, contenha o povo : eles se desviaram em suas opiniões sobre Jesus, como se ele fosse o Cristo. Te suplicamos, convença todos que vieram aqui para o dia da Páscoa, sobre Jesus. Todos ouvimos tua persuasão ; pois nós também, assim como todo o povo, somos testemunhas que tu és justo e não mostras preferência por ninguém. Convença o povo a não entreter opiniões errôneas sobre Jesus. Tome uma posição firme, então, no alto do templo, de modo que possas ser visto por todos, e tuas palavras possam ser claramente ouvidas por todos. Pois, para comemorar a Páscoa, todas as tribos vieram para cá e também alguns gentios.'

Para desgosto dos escribas e os fariseus, Tiago corajosamente testemunhou que Cristo "sentava-se no céu do lado direito do Grande Poder e retornará nas nuvens celestiais". Então eles confabularam entre si: "Erramos ao procurar seu testemunho sobre Jesus. Vamos então subir e jogá-lo de lá, para que eles tenham medo e não acreditem nele.”

Assim, os escribas e os fariseus “... lançaram abaixo o homem justo... [e] começaram a apedrejá-lo,  uma vez que ele não morrera na queda; Mas ele virou e se ajoelhou e disse: "Eu imploro-te, Senhor Deus nosso Pai, perdoa-os pois eles não sabem o que fazem." ... E, enquanto o apedrejavam até a morte, um dos sacerdotes, dos filhos de Recab, o filho de Rechabim, de quem testemunhou Jeremias, o profeta, começou a gritar, dizendo: 'Parem, o que estão fazendo? O homem justo está rezando por nós.'. Mas um dentre eles [dos tintureiros], tomou o cajado com o qual estava acostumado a manipular as vestes que tingia, e atirou na cabeça do homem justo. E assim sofreu o martírio; e eles o enterraram ali mesmo, e o pilar que foi erguido em sua memória ainda está lá, perto do templo. Este homem foi uma testemunha verdadeira tanto para os judeus quanto gregos de que Jesus é Cristo. [Jr 35 cita Recab].

— Fragmentos dos "Atos da Igreja" sobre o Martírio de Tiago, o irmão do Senhor,

Judas Tadeu ou Lebeu – Pregou o Evangelho na Judéia, Samaria, Mesopotâmia ( hoje região do Iraque ) e na Pérsia. [* Martirizado a machadadas pelas autoridades persas e pela multidão instigada por sacerdotes zoroastristas juntamente com Simão, o Zelote].


Simão, o Zelote – Ministrou o Evangelho na Pérsia e martirizado naquela região [* Morto depois de negar sacrificar ao deus Sol, juntamente com Judas Tadeu].

Matias - Escolhido para ficar no lugar de Judas Iscariotes. Uma tradição diz que São Matias foi para a Síria com André [* Morto na fogueira].

Paulo ( Saulo de Tarso ) - Perseguidor dos discípulos, em uma das suas práticas converteu-se no caminho para Damasco, quando viu Jesus e ficou cego por três dias [At 9.1-9]. Paulo o viu apenas uma vez, tendo recebido a missão apostólica a partir do próprio Jesus. Dedicou a sua missão especialmente aos ‘não judeus/gentios’ [* Feito prisioneiro em Roma, foi acusado de crimes de falta de lealdade a Roma, e uma vez que era cidadão romano, foi executado por decapitação na Via Ostiense e não por crucificação].

Marcos - Evangelista. é também um dos 70 Discípulos e considerado o fundador da Igreja de Alexandria, uma das principais sedes do Cristianismo primitivo, onde se tornou o primeiro bispo e tem a honra de ser também o fundador do Cristianismo na África [* Foi martirizado em 68 d.C].

Lucas - É um sírio de Antioquia, médico de profissão. Tornou-se discípulo dos apóstolos e mais tarde seguiu a Paulo até ao seu martírio. Servido o Senhor com perseverança, solteiro e sem filhos, cheio da Graça do Espírito Santo, morreu com 84 anos de idade. Alguns manuscritos afirmam que Lucas morreu "em Tebas, capital da Beócia".

Barnabé - Foi um dos primeiros cristãos mencionados no Novo Testamento. Seus pais, judeus helênicos lhe deram o nome de José, mas quando vendeu todos os seus bens e deu o dinheiro aos apóstolos em Jerusalém, eles lhe deram um novo nome, Barnabé, que significa (o filho do) profeta. Atos 4.36 explica o nome como "filho da exortação / consolação". Quando Barnabé foi à Síria e a Salamina pregando o evang., alguns judeus, irritados com o seu extraordinário sucesso, caíram sobre ele quando pregava na sinagoga, arrastando-o para fora e apedrejando-o até a morte. Seu primo, João Marcos enterrou seu corpo em uma caverna, onde permaneceu até a época do imperador Zenão I, em 485. Seus restos mortais foram encontrados em 488. Seu túmulo se encontra no mosteiro construído em seu nome, em Salamina (Chipre). Barnabé é venerado como o santo padroeiro de Chipre.

Estêvão : É o primeiro mártir do Cristianismo. Também está listado entre os 70 Discípulos. Conforme Atos, Estevão foi um dos 7 primeiros diáconos da igreja nascente, logo após a morte e Ressurreição de Jesus, pregando os ensinos de Cristo e convertendo judeus e gentios. Foi detido pelas autoridades judaicas, levado diante do Sinédrio, onde foi condenado por blasfêmia, sendo sentenciado a ser apedrejado (At 8). Entre os presentes na execução, Paulo de Tarso, durante os seus dias de perseguidor de cristãos.

Timóteo : Foi o primeiro bispo de Éfeso e ali martirizado a pauladas por uma turba de idolatras que se encaminhavam para o templo para oferecerem sacrifícios aos deuses [fato ocorrido quando João estava exilado na ilha de Patmos].


...


Foram estes, junto aos Padres do Deserto e Apócrifos de Qumram, que me guiaram na compreensão e descrição deste Livro, após a descida do Espírito Santo e a Luz!


          1] por Enoque ; pela G.S.J. :

              A Luz dos 18 da Torre [Lc 13.4]  nos 18 versos da Porta [João 10.1-18], entreaberta à Torre : O Pastor de Hermas!

              A Luz de Cristo em minha vida pertence a estes; por eles a Obra se estendeu junto aos Profetas, que derramaram a Sua Luz em meus caminhos, pela pá na mão, separando o meu interior e me mostrando Meu Pai, Mãe, Casa, e a Obra : A Ceifa, em que aqui erigem este Livro [da Paz] no Tempo devido [da Paz]; Justos esses que são execrados por muitos, e sequer são visto como exemplo!

...


Páscoa [4]


...

Páscoa [2]

...
...

          Novamente nesta Páscoa, minha Mãe é a trabalhadora; mesmo em meu estado, tolhido, ela encontra forças, aos 77 anos, a servir quem lhe pede: Dna. Suzana e Dna. Zilah ; na Verdade, são as descritas d'outra Forma : 'e Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, Suzana e muitas outras, as quais lhe prestavam assistência com os seus bens.' Lc 8.3 [as mesmas em Mt 27.55 ; Lc 23.55].


...
...










...
...

Páscoa [3]


...

...

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Páscoa [1]!

...

          Hoje é o dia mais que Justo para a Nossa Páscoa, porque em 18, meu Pai nasceu, e assim comemoramos [conosco : Is 7.14] a paixão da sua ressurreição [a qual vivemos - 
imagem de 2Rs 23.21-23 ; 2Cr 35.18,19]!

          É um dia de lembranças, e as minhas, residem nesta obra, que agora, finda a 'primeira fase' de Enoque, distribuo as escrituras que o Nosso Espírito me ilumina por Justiça, na imagem da Forma ressurreta sobre os justos [pois assim é a ressurreição do Cc/orpo de Cristo]!


...


          Eis os fatos d'Hoje : desde que abri os acertos no blog , fui impossibilitado de publicá-los ; por tal , as lembranças se acenderam desde a infância , qdo esbofeteado pelas trevas sem que anjo algum me defendesse [e nem o podiam, pois os próprios o fizeram, em anuência comum] ... até que recebi a Graça ao ver a menina Cecília [04-05/03/09] ;  


          ... me lembrei da grande oposição espiritual em 2009 e o que resultou [PC] ; 

          ... me lembrei dos fatos pelo meio de 2012 que geraram a lauda Da Gare ;
          ... me lembrei da Libertadores, e, Mundial, ao final do ano ;
          ... me lembrei do que me falaram, e provocaram, até os posteriores fatos ...

... 


          E, porque meu Pai é o meu Deus, 'me lembrei' que tudo, assim, nos ocorre ... Graças a Deus ... [ou seja, Graças a Ele, que, pelo Nosso Espírito, me ilumina a separar os justos martirizados dos demais, e a publicá-los, conforme a minha capacidade]!


          E assim, é!

...


Páscoa [2]

...

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Mouse

...
...

          No instante em que fazia a lista de Enoque, meu mouse [ms55 pks / 2007] passou a alternar os comandos, entre duplicar e travar as pgs, e fui obrigado a comprar um novo : Basic Optical Mouse P58.

...
...




...
...
...

Justos [Enoque]

...

          Lista de Justos do Livro de Enoque.


Cap 1 - v. 1 [Pedro] ; 

            v. 6 [André] ;
Cap 2 
Cap 3
Cap 4
Cap 5
Cap 6 - v. 7 [Tiago] ; 
            v. 11 [João] ;
Cap 7
Cap 8
Cap 9
Cap 10 - v. 26 [Filipe] ;

Cap 11 

Cap 12
Cap 13
Cap 14
Cap 15
Cap 16
Cap 17
Cap 18
Cap 19
Cap 20

Cap 21

Cap 22 - v.9 [Bartolomeu] ;
Cap 23
Cap 24 - v.9 [Tomé] ;
Cap 25 
Cap 26
Cap 27
Cap 28
Cap 29
Cap 30

Cap 31

Cap 32
Cap 33
Cap 34
Cap 35
Cap 36
Cap 37
Cap 38 - v. 1 [Mateus] ; 
              v. 2 [Tiago, o Justo] ; [Judas Tadeu] ; [Simão, Zelote] ;
              v. 3 [Matias] ; [Paulo] ;
              v. 4 [Marcos, Evangelista] ; 
Cap 39
Cap 40

Cap 41 - v. 6 [Lucas] ;

Cap 42
Cap 43 - v. 2 [Barnabé] ;
Cap 44 
Cap 45 - v. 5 [Estevão] ;
Cap 46  
Cap 47 - v. 1 [Timóteo] ; 
              v. 2 [Cecília] ; 
              v. 4 [Simeão de Jerusalém] ;
Cap 48 - v. 3 [Getúlio] ;
              v. 6 [Papias de Hierápolis] ;
              v. 9 [Policarpo de Esmirna] ;
Cap 49 - v. 2 [Justino de Roma] ;
Cap 50 - v. 2 [Papa Sotero] ;
              v. 4 [Felicidade e Perpétua] ;
              v. 5 [Papa Zeferino] ;

Cap 51

Cap 52 - v. 7 [Orígenes] ;
Cap 53 
Cap 54
Cap 55
Cap 56
Cap 57
Cap 58 - v. 9 [Hipólito de Roma] ;
Cap 59
Cap 60 - v. 3 [Cipriano de Cartago] ;

Cap 61 - v. 11 [Artêmio de Antioquia] ;

Cap 62
Cap 63
Cap 64
Cap 65
Cap 66
Cap 67
Cap 68
Cap 69 - v. 3 [Hermenegildo] ;
Cap 70 - v. 24 [Máximo] ;

Cap 71

Cap 72
Cap 73
Cap 74
Cap 75
Cap 76
Cap 77
Cap 78
Cap 79
Cap 80 - v. 9 [João Crisóstomo] ; [Sebastião] ;

Cap 81 - v.4 [Os 14 Auxilares] ;

Cap 82
Cap 83
Cap 84 - v. 12 [S. Efrém]
Cap 85
Cap 86
Cap 87
Cap 88
Cap 89
Cap 90 

Cap 91 - v. 3 [Epifânio] ; [Inácio de Antioquia] ;

Cap 92 - v. 8 [O Homem da Planta] ;
              v. 9 [Do Carpinteiro] ; 
              v. 12 [Sevenfold] ;
              v. 14 [A Infância de Jesus] ;
Cap 93 - v. 3 [Ev. da Paz] ;
Cap 94 
Cap 95 - v. 1 [Sophia de Jesus] ;
              v. 9 [A Perseguição] ;
Cap 96 - v. 1 [Didaqué] ; 
              v. 2 [Ev. Agrapha] ;
              v. 4 [Ecclesiastes] ; 
              v. 23 [Ev. Bartolomeu] ;
Cap 97 - v. 4 [Ev. Filipe] ;
              v. 16 [Ev. Mª Madalena] ;
Cap 98 
Cap 99 - v. 2 [Ap. Pedro] ;
              v. 3 [Ev. Pedro 1] ;
              v. 5 [Ev. Pedro 2] ;
              v. 8 [Ev. Tiago] ;
Cap 100

Cap 101

Cap 102 - v. 6 [Ev. Tomé] ; 
                v. 7 [Rol de Enoque] ;
                v. 8 [Das Passagens] ;
Cap 103 - v. 1 [Atos de Tecla] ;
                v. 2 [Clemente 1] ;
                v. 6 [Clemente 2] ;
Cap 104 - v. 1 [Policarpo aos Filipenses] ;
                v. 4 [Epístola aos Laodicenses] ;
                v. 10 [Epístola de Diagoneto] ;
                v. 11 [Epístola de Barnabé] ;
Cap 105
Cap 106 - 
Cap 107 - v. 17 [Ev. Nicodemus 1] ;
Cap 108 - v. 27 [Ev. Nicodemus 2] ; 

...

...

          Lista inicial dos Primeiros, da qual a sua soma fez parte da contagem de 545 da As. Isaías ... [a atual lista na ref. pág., tem a separação entre martirizados dos demais].


...


Primeiros

          Sermões/Homilias & Textos dos 1ºs dias da Igreja Fundamental

Inácio de Antióquia : 35... +-107 [epístolas]
S. Justino de Roma : 100 - 165
S. Clemente de Alexandria : 150 - 215 ou 217 [antologia]
Tarciano da Síria : +- 120 - 180 [discurso contra os gregos]
Teófilo de Antióquia : +-120 - 180 [os três livros à autólico]
Sto Irineu de Lião : 130 - 202
Atenágoras de Atenas : 133 - 190 [ressurreição e petição]
S. Zeferino : 160 - 217 [epístola aos bispos do egito]
Tertuliano de Cartago : 160 - 220 [oração;apologia]
Abércio de Hierápolis : +- 167
Orígenes : 182-254 [homilias]
Aristides de Atenas [sec ii]
Pápias de Hierápolis [inicio de sec ii]
Policarpo de Esmirna [epístola aos filipenses - sec ii]
Militão de Sardes  evsm [sec. ii]
Hipólito de Roma [tradição apostólica - início do sec iii]
S. Cipriano de Cartago : +-200 - 258 [sobre a maneira de rezar]
Sto Urbano : 175 ~ [epístola aos cristãos - sec iii ... papa 222 a 230]
Sto Atanásio de Alexandria : 295 - 373 [vida de santo antão]
S. Pacômio : 292 - 348
Sto Hilário de Poitiers : 300 - 368 [tratado sobre a trindade]
S. Dâmaso : 305 - 384 [decreto gelasiano]
S. Efrém da Síria : 306 - 373
Sto Epifânio : 310/320 - 403 [homilia]
S. Cirilo de Jerusalém : 315 - 386 [catequeses mistagógicas]
S. Basílio Magno : 329 - 379
S. Gregório Nazianzeno : 329 - 389 [antologia]
S. Basílio de Cesaréia [magno] : 329ou330 - 379 [homilia S.Lucas]
S. Gregório de Nissa : 330 - 395 [vida macrina / história de moisés]
Sto Ambrósio de Milão : 340 - 397 [antologia]
Evágrio Pôntico : 346 - 400 [oito vícios capitais]
S. João Crisóstomo : 347 - 407 [antologia ; espanhol]
S. Jerônimo : 341ou7 - 419ou20 [hilarião 291 - 372]
S. Cirilo de Alexandria : 375 - 444 [antologia]
S. Pedro Crisólogo  : 380ou406 - 450ou451
S. Leão Magno : 400 - 461 [sermões]
S. Bento de Núrsia : 480 - 547 [regra de são bento]
S. Gregório Magno : 540 - 12/03/604 [antologia]
S. Máximo : 580 - 662 [antologia]
S. Germano de Constantinopla : 635/640 - 733 [homilias de Maria]
S. João Damasceno : 675 - 749 [hom sobre a nativ e Maria]
S. Simeão - monge ortodoxo : 949 - 1022
Sto Anselmo de Cantuária : 1033 - 1109 [monólogo]
S. Gregório Palamas : 1296-1359 [homilias ; sermões]

...

total : 44


...