domingo, 20 de abril de 2014

Páscoa [3]

...

Os Justos, Pais da Igreja!
A estes pertence a festa ... 

... pelo que suportaram e sustentaram a Obraregistro somente alguns; destes, a Obra se abriuGraças!

Pedro [Simão Barjonas: Mt 16.17] - Foi o primeiro Papa da Igreja Católica [ApRom] e Bispo de Roma. Foi mártir na cidade de Roma ~ 64 dC, durante a perseguição dos cristãos pelo imperador Nero [* Crucificado de cabeça para baixo no Circo de Nero a seu próprio pedido, por não se sentir de valor suficiente para morrer da mesma forma que o seu Senhor].

André - Foi o primeiro a levar o Evangelho para a terra dos canibais, hoje os países que compuseram a ex-União Soviética, região identificada por Cítia, por Eusébio de Cesaréia. Também pregou na Ásia Menor ( atual Turquia ), e na Grécia, onde foi martirizado. Considerado o fundador da igreja em Bizâncio ( Constantinopla - atual Istambul ), motivo pelo qual é considerado o primeiro Patriarca de Constantinopla [* Crucificado em uma cruz em forma de x].

Tiago, filho de Zebedeu e Salomé - Também chamado de Tiago Maior, e irmão de João. Nasceu em Betsaida, Galiléia. Tal como o seu pai e o irmão, era pescador no Mar da Galileia, onde trabalhava com André e Simão Pedro [Mt 4.21-22 ; Lc 5.10]. Tiago, Pedro e João foram os primeiros a abandonar tudo para seguirem Jesus como seus discípulos [Mt 17.1 ; 26.37 ; Lc 8.51], tendo sido dos mais próximos, tanto que participaram da Transfig., na agonia de Cristo no Monte das Oliveiras [* Decapitado, foi o primeiro apóstolo a morrer, por ordem de Herodes Agripa I, rei da Judeia, cerca de 44 d.C., em Jerusalém. É o único apóstolo cuja morte vem narrada na Bíblia : Atos 12.1-2 'Ele (Herodes) fez perecer pelo fio da espada Tiago, irmão de João'].

João - É o único dos apóstolos que chegou à idade avançada. Era o Líder da Igreja na região da cidade de Éfeso; cuidou de Maria, Mãe der Jesus, em sua casa. Durante a perseguição do imperador romano Domiciano, pelo meio da década de 90 d.C., foi exilado na Ilha de Pátmos; ali escreveu o último livro do Novo Testamento: o Livro do Apocalipse. De todos os 12 apóst., tornou-se o mais destacado teólogo; morreu de morte natural, em Éfeso, em 103 d.C., aos 94 anos. Segundo o bispo Polícrates de Éfeso em 190 [atestada por Eusébio de Cesareia na sua História Eclesiástica, 5, 24], o Apóstolo "dormiu" [faleceu] em Éfeso. Conta-se que a tumba estava vazia quando foi aberta por Constantino para edificar-lhe uma igreja.

Filipe - Era natural de Betsaida. Pregou o Evangelho na Palestina, Grécia. Teve um ministério em Cartago, Norte da África, e então na Ásia Menor, onde a mulher de um procônsul romano se converteu [* Crucificado e apedrejado, após ser preso e torturado pelo procônsul].

Bartolomeu [Natanael] - Fez viagens missionárias: foi à Índia com Tomé, voltou à Armênia, à Etiópia e ao sul da Arábia [* Esfolado vivo e, depois, decapitado em Albanópolis, atual Derbent, na província russa de Daguestão junto ao Cáucaso, a mando do governador].

Tomé - Foi ao leste da Síria. Tradições informam que pregou até à Índia. Os cristãos indianos chamados Martoma, uma denominação muito antiga dentro do Cristianismo, o reverenciam como o fundador dela [* Foi morto por lanças de quatro soldados, em Mylapore, na Índia].

Mateus - Pregou por 15 anos o Evangelho em hebraico para a comunidade judaica na Judeia. Mais tarde, viajaria pelas nações gentis e espalhou os ensinamentos de Jesus entre os etíopes, macedônicos, persas e partos. Ministrou na Pérsia (atual Irã) e na Etiópia [* Um dos mais antigos comentários diz que ele não foi martirizado, enquanto outros dizem que ele foi apunhalado até morrer na Etiópia].

Tiago, o Justo - Conhecido como Tiago de Jerusalém, Tiago Adelfo ou ainda Tiago, irmão do Senhor, foi uma importante figura nos primeiros anos do Cristianismo. Foi o Líder do movimento cristão em Jerusalém nas décadas seguintes [por cerca de 18 anos] à morte de Jesus e que sua conduta piedosa e atuante provocou a fúria dos sacerdotes, em especial o sumo Anás II, que instigaram as turbas a trucidarem-no, apedrejando-o até a morte em 63. De acordo com Hegésipo, os escribas e os fariseus foram até Tiago em busca de ajuda para eliminar as crenças cristãs. 

O relato diz:


“Ele vieram, portanto, em grupo até Tiago e disseram: "Nós te suplicamos, contenha o povo : eles se desviaram em suas opiniões sobre Jesus, como se ele fosse o Cristo. Te suplicamos, convença todos que vieram aqui para o dia da Páscoa, sobre Jesus. Todos ouvimos tua persuasão ; pois nós também, assim como todo o povo, somos testemunhas que tu és justo e não mostras preferência por ninguém. Convença o povo a não entreter opiniões errôneas sobre Jesus. Tome uma posição firme, então, no alto do templo, de modo que possas ser visto por todos, e tuas palavras possam ser claramente ouvidas por todos. Pois, para comemorar a Páscoa, todas as tribos vieram para cá e também alguns gentios.'

Para desgosto dos escribas e os fariseus, Tiago corajosamente testemunhou que Cristo "sentava-se no céu do lado direito do Grande Poder e retornará nas nuvens celestiais". Então eles confabularam entre si: "Erramos ao procurar seu testemunho sobre Jesus. Vamos então subir e jogá-lo de lá, para que eles tenham medo e não acreditem nele.”

Assim, os escribas e os fariseus “... lançaram abaixo o homem justo... [e] começaram a apedrejá-lo,  uma vez que ele não morrera na queda; Mas ele virou e se ajoelhou e disse: "Eu imploro-te, Senhor Deus nosso Pai, perdoa-os pois eles não sabem o que fazem." ... E, enquanto o apedrejavam até a morte, um dos sacerdotes, dos filhos de Recab, o filho de Rechabim, de quem testemunhou Jeremias, o profeta, começou a gritar, dizendo: 'Parem, o que estão fazendo? O homem justo está rezando por nós.'. Mas um dentre eles [dos tintureiros], tomou o cajado com o qual estava acostumado a manipular as vestes que tingia, e atirou na cabeça do homem justo. E assim sofreu o martírio; e eles o enterraram ali mesmo, e o pilar que foi erguido em sua memória ainda está lá, perto do templo. Este homem foi uma testemunha verdadeira tanto para os judeus quanto gregos de que Jesus é Cristo. [Jr 35 cita Recab].

— Fragmentos dos "Atos da Igreja" sobre o Martírio de Tiago, o irmão do Senhor,

Judas Tadeu ou Lebeu – Pregou o Evangelho na Judéia, Samaria, Mesopotâmia ( hoje região do Iraque ) e na Pérsia. [* Martirizado a machadadas pelas autoridades persas e pela multidão instigada por sacerdotes zoroastristas juntamente com Simão, o Zelote].


Simão, o Zelote – Ministrou o Evangelho na Pérsia e martirizado naquela região [* Morto depois de negar sacrificar ao deus Sol, juntamente com Judas Tadeu].

Matias - Escolhido para ficar no lugar de Judas Iscariotes. Uma tradição diz que São Matias foi para a Síria com André [* Morto na fogueira].

Paulo ( Saulo de Tarso ) - Perseguidor dos discípulos, em uma das suas práticas converteu-se no caminho para Damasco, quando viu Jesus e ficou cego por três dias [At 9.1-9]. Paulo o viu apenas uma vez, tendo recebido a missão apostólica a partir do próprio Jesus. Dedicou a sua missão especialmente aos ‘não judeus/gentios’ [* Feito prisioneiro em Roma, foi acusado de crimes de falta de lealdade a Roma, e uma vez que era cidadão romano, foi executado por decapitação na Via Ostiense e não por crucificação].

Marcos - Evangelista. é também um dos 70 Discípulos e considerado o fundador da Igreja de Alexandria, uma das principais sedes do Cristianismo primitivo, onde se tornou o primeiro bispo e tem a honra de ser também o fundador do Cristianismo na África [* Foi martirizado em 68 d.C].

Lucas - É um sírio de Antioquia, médico de profissão. Tornou-se discípulo dos apóstolos e mais tarde seguiu a Paulo até ao seu martírio. Servido o Senhor com perseverança, solteiro e sem filhos, cheio da Graça do Espírito Santo, morreu com 84 anos de idade. Alguns manuscritos afirmam que Lucas morreu "em Tebas, capital da Beócia".

Barnabé - Foi um dos primeiros cristãos mencionados no Novo Testamento. Seus pais, judeus helênicos lhe deram o nome de José, mas quando vendeu todos os seus bens e deu o dinheiro aos apóstolos em Jerusalém, eles lhe deram um novo nome, Barnabé, que significa (o filho do) profeta. Atos 4.36 explica o nome como "filho da exortação / consolação". Quando Barnabé foi à Síria e a Salamina pregando o evang., alguns judeus, irritados com o seu extraordinário sucesso, caíram sobre ele quando pregava na sinagoga, arrastando-o para fora e apedrejando-o até a morte. Seu primo, João Marcos enterrou seu corpo em uma caverna, onde permaneceu até a época do imperador Zenão I, em 485. Seus restos mortais foram encontrados em 488. Seu túmulo se encontra no mosteiro construído em seu nome, em Salamina (Chipre). Barnabé é venerado como o santo padroeiro de Chipre.

Estêvão : É o primeiro mártir do Cristianismo. Também está listado entre os 70 Discípulos. Conforme Atos, Estevão foi um dos 7 primeiros diáconos da igreja nascente, logo após a morte e Ressurreição de Jesus, pregando os ensinos de Cristo e convertendo judeus e gentios. Foi detido pelas autoridades judaicas, levado diante do Sinédrio, onde foi condenado por blasfêmia, sendo sentenciado a ser apedrejado (At 8). Entre os presentes na execução, Paulo de Tarso, durante os seus dias de perseguidor de cristãos.

Timóteo : Foi o primeiro bispo de Éfeso e ali martirizado a pauladas por uma turba de idolatras que se encaminhavam para o templo para oferecerem sacrifícios aos deuses [fato ocorrido quando João estava exilado na ilha de Patmos].


...


Foram estes, junto aos Padres do Deserto e Apócrifos de Qumram, que me guiaram na compreensão e descrição deste Livro, após a descida do Espírito Santo e a Luz!


          1] por Enoque ; pela G.S.J. :

              A Luz dos 18 da Torre [Lc 13.4]  nos 18 versos da Porta [João 10.1-18], entreaberta à Torre : O Pastor de Hermas!

              A Luz de Cristo em minha vida pertence a estes; por eles a Obra se estendeu junto aos Profetas, que derramaram a Sua Luz em meus caminhos, pela pá na mão, separando o meu interior e me mostrando Meu Pai, Mãe, Casa, e a Obra : A Ceifa, em que aqui erigem este Livro [da Paz] no Tempo devido [da Paz]; Justos esses que são execrados por muitos, e sequer são visto como exemplo!

...


Páscoa [4]


...

3 comentários:

  1. Versos deste post distribuídos e registrados na Bíblia II em 27/11/2015.

    ResponderExcluir
  2. Este post foi revisado em 03/06/16, no grande acerto e conferência à entrada da Nossa História [Núcleo Casa].

    ResponderExcluir
  3. Comentário nos post's publicados no facebook, em 04/06/15.

    ...

    Direto do HC : A volta de Cristo, revela-Se a quem Nele crê, por Sua Parábola. Esta, por Sua Luz, diz em Ap. 21.27, do Livro da Vida do Cordeiro [que fala da Sua Vinda, a viver a Sua Vida, para, após seu tempo, escrevê-la]. .. Isto é claro, a quem compreende a palavra : Quem o reconheceria? .. [da mesma forma, simples e humilde?] ..

    1] Da sua Vinda, fala Ap 19.11-16, v.12 que 'tem um nome escrito que ninguém conhece, senão ele mesmo', pois vem da mesma Forma que dantes, Filho de Deus, que vem à Terra na Forma de um carpinteiro, e da Virgem Maria, que vem à Terra na Forma da Arca, casam-se, e geram seus 2 filhos [Anjos do Propiciatório : Ex 25.18].
    2] A viver a Sua Vida, [fala] por Verbo de Deus [Conjugador da/s Forma/s], Vive a Sua Palavra [Conjugadora], no cumprimento da Obra do Seu Retorno, a Sua Dobra conf. a Justiça à Imagem em Adão e Eva, cumprindo o Sangue de Abel na Cruz, e dobrando-Se em Folhas [do Livro de sua Vida] à imagem do sacrifício de Caim que não foi aceito, porque primeiro era o Sangue para então as folhas, cumprindo assim a Dobra da Forma.
    3] Para, após Seu Tempo, fala da dobra do Tempo do Seu Retorno, tanto na Parábola dos 2 mil [côvados : Js 3.4 ; vides : Is 7.23 ; porcos : Mc 5.13] quanto nos 40 anos [Dt 8.1-15] da escadaria da reflexão do caminho em que se vê na dobra de Is 3.24, destruindo-se em cumprimento à Sua Palavra, na Dobra do Sangue e Folhas.
    4] Escrevê-la, fala da Luz do Espírito Santo, no Batismo de Cristo em Seu Retorno, abrindo-lhe a Consciência ao confronto do cumprimento da Palavra, confirmando-lhe o Sangue da Cruz sobre a Cruz das Folhas da confissão de todos os Seus Caminhos, quais é Senhor, revelando-Se.

    Esta é a Luz do Filho Pródigo, que descreve-Se conf. a Sua Capacidade, após reconhecer a Dobra da Sua Obra, pois, sendo Ele a Palavra/Verbo, Conjuga-Se e Cumpre-Se. .. Por isto foi dito aos discípulos, posteriores Apóstolos, 'até que eu volte' [Jo 21.22,23] .. à descrição de toda a Forma das escrituras [Lc 24.13-53] através dos Atos da [Sua] Própria Vida, à que prontificou-Se cumprir .. [Sua Dobra - Ap 11.3,10 : Lv/Nm , conf. Jz 6.25-27, espelho dos bois cevados : Mt 22.4, servidos à Ceia das Almas Justas que estendem a Pele/Veste/Forma do Livro do Cordeiro].

    ...

    Aqueles [alguns] que cumprem Mc 16.15-18, pregam que : 'Ainda que o Senhor não venha, nós pregaremos o Seu Evangelho', mas isto dizem, por falta de conhecimento do Verdadeiro Espírito [Santo], pois Ap 1.7 fala que 'vem entre as nuvens, e todos O verão, até os que O transpassaram', porém, não fala que O reconhecerão, o que verdadeiramente não podem, pois vem a cumprir a Dobra da Sua Forma [Sangue da Cruz / Folhas da Cruz] à Imagem de Lv/Nm [os Bois Cevados : Mt 22.4], Obra totalmente inaudita, inconcebível à carne , ainda que com o Espírito da Palavra , pela Vontade do Espírito do chamado que os transpassa, que se completa no disto do Espírito [da Obra do Retorno] de Cristo.

    ...

    ResponderExcluir