terça-feira, 1 de março de 2016

Cruz [9]

[Txt Original - click p/ acessar]
[Txt Revisão c/ link's - abaixo]
...
...
pg. 09 
...



  * eis a inundação espiritual descrita por Felipe 132

          1] ‘abra-se a terra’ da consciência na representação da Imagem do ser, na Palavra
          2] ‘e produza a salvação’ na transformação da consciência, pela Obra, apartando-se de toda aparência religiosa,
          3] nisto é que fala: ‘e juntamente com ela brote a justiça’: a consciência espiritual da salvação na revelação das Almas em aguardo [Gn 1.2: que pairavam, pelo Tempo da Obra, na Imagem] ;

          Aqui:

          - brota a Justiça da Cruz na abertura da Terra após o 3º dia, na Ressurreição do Cc/orpo Justo ‘no mesmo céu’, ou seja: a mesma Luz, na Família Bendita, através das ‘nuvens de testemunhas da Palavra’ [Hb 12.1], sendo esta nuvem, os versos descritos pelos Justos [eis a Justiça]!
... ainda quanto a Felipe 132, descrevo a Arca ao final de 1969 [véspera da entrada no Primário, EEPG Dna. Ana Rosa], pelo Dilúvio na Consciência [citação em En 92.7]. 



          * ‘ai daquele’ que não aceita a Palavra, de coração; e muito mais, sobre quem a ‘denigre’, e a tem somente nos lábios, por aparência; o que não cumpre com o seu chamado;
          1] esta Palavra bate às portas da humanidade: ‘Ai daquele que contende com o seu Criador’, porque nela, Pai e Mãe [céus] se fundamentam pela Graça das Graças, e compreende-se o Tempo, na fala de Mt 10.21: ‘filhos haverá que se levantarão contra os progenitores e os matarão.’ ...
          2] o Tempo da Verdade da Graça na Geração da Vida, da Casa, da Família Bendita, na Imagem Gerada pelo Espírito na Bondade e Misericórdia da Existência
          3] ora, quem desonra Pai e Mãe, desonra o Espírito Santo que os gerou em  Unidade, pela ‘Forma’ da ‘Matéria’ na escultura presente [Zc 3.9, do mesmo céu ... ‘figura do verdadeiro’]!



... e dobra a desonraquando se desfaz da Graça da Vivificação da Imagem, por Jesus Cristo!

...



...
próximo: pg. 10
...

Um comentário:

  1. Esta lauda foi editada e linkada em 28/02 e publicada em 01/03/2016.

    ResponderExcluir