segunda-feira, 7 de março de 2016

Prumo [43]

[Txt Original - click p/ acessar]
[Txt Revisão c/ link's - abaixo]
...
...
pg. 43
...

          Nesse ‘oculto’, reside o espelho do ‘pecado imperdoável’ [Mc 3.28,29] ...

  ... pelo qual se foi à Cruz em Santidade, Obediência, e repete-se aqui, Hoje, neste Livro .. [Jo 17.19.. pois sabia-se tudo o que ocorreria [!a comida - Jo 4.32,34 .. pela ‘mortificação’ da Palavra, pois cumpre: Gn 6.3], e engana-se quem pensa o contrário, pelo que foi dito que ‘todos os pecados serão perdoados’, menos o pecado – blasfêmia contra o Espírito Santo [contra a Vida] pois quem isto faz, ‘é réu de pecado eterno’ [Ap 20.11-15 .. Vida ou morte espirituais] .. pelo que diziam : 'está possesso de um espírito imundo' ; Mc 3.30 ..

          ... e o espelho reflete sobre a esposa, Igreja Celestial [Ap 12], no Oculto da Geração da Imagem no Gn [aonde reside o tesouro do coração: Mt 6.21 , na escolha de cada um, pela Promessa] em que, do ‘fruto oculto da árvore’ pela desobediência, ‘todos’ já sabemparte’ do resultado [Tomé 85]:


Portanto, ninguém nutrido pela ( verdade ) morrerá.’ Felipe 94

          ... ora: a blasfêmia contra o Espírito Santo foi prevista na eternidade, mas não se fez caso da acusação [Hb 12.2] e trouxe-se a Bênção da Vida à existência pela Justiça, em Bondade



          ... e isto é ‘renegado’ pela sabedoria da imagem, aonde ‘cada um’ manifesta a sua natureza espiritual na eternidade [filiação conforme ou rebelde] que veio à Luz pela quebra do grilhão; massa corpórea espiritual : aqui é outra ordem; árvore da Verdade do fundamento na consciência [‘e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.’] ..

          ! ... e, desta * ‘Árvore da Verdade’ [pelo Princípio e Fim : Gn 18 ; 19],

          1] fala En 24.9 [quanto ao tempo do julgamento dos Poderes e Atos do Espírito] ..


          2] e, do seu * ‘fruto’ [pelo Princípio e Fim : Ap 16.17-19 ; 21.22,23... fala o Ev. Felipe, v.4.

...



...
próximo: pg. 44
...

Um comentário:

  1. Esta lauda foi editada em oculto em 25/02; publicada em 07/03 e linkada em 18/03/16.

    ResponderExcluir