sábado, 12 de fevereiro de 2011

Liz..do sal !

...
...
Que nome , não : e do que fala , 'o' ?
Que Liz é esta , e que tal sal é'ste ?
De onde me apareceu isto ? Sopro ?
... que na verdade, revolve o passado
... retalha 'auri e vens' ... as 4 ... e de 4 !
[ mas há um Mistério aqui,
por entre as suas pétalas ]

Quantas são ? 3 , 4 , ou 6 ?
Se 3 , caio pela Trindade !
Se 4 , caio pelas Cavidades !
Se 6 , caio pelas horas da Cruz !
Caio de todo o jeito ( ? )!
...
...
Ah! Caio pelo que caio ,
E me levanto pelo mesmo Mistério .
Se por 3 , pela imagem que sou , em mim .
Se por 4 , pelo que eu sou , em mim .
Se por 6 , pela imagem que me fiz , de mim .
E isto , por entre o sal , o meu sal .
[ e nisto , outro Mistério por entre o seu sabor ]
De vinagre , acre , na esponja , ponta do caniço, e ,
não penseis que me foi duro suportar tal humilhação ,
pois não o foi , e menos ainda agora ,
mas o que me é duro , a vós é nada ;
e o que a vós é insuportável , a mim é deleite !
...
...
O que achais que foi embebido em esponja ?
Achais que foi vinagre ? Não ; não foi !
O que ali foi oferecido , e insuportável ,
é exatamente a diferença que perdura pelo sal da lágrima ,
por entre os lábios que não confessam o seu coração ,
e se dissimulam por entre as aparências ,
que não se sustentam à minha frente ;
não porque sou melhor , mas , pelo contrário :
por ter-me feito , pelas próprias pernas ,
senhor de meus Atos
e pior que todos ,
e aos olhos destes !
...
...
Cada um me viu o Ato , e cair , de 4 ,
mas ninguém me pesou o interior das 4 , ninguém ,
e se o fez , não o fez de forma justa,
pois , se o fizesse ,

não haveria o continuísmo da dissimulação no gosto ;
em que as 'aparências' aí estão , à vossa face ;
e falo a vós que estais em mim ,
e que sentis , em vossa própria carne ,
o mesmo dissabor do gosto que senti na Liz :
por 3 : na Trindade que sois , em mim ;
por 4 : nas cavidades do vosso coração , por mim ;
e por 6 , nas horas da cruz , por vós !




...
...
Sou eu mesmo que vos falo !
E não há outro !
...
...

***********************

No interior dos comentários , está o ocorrido :
um email que recebi , num mal momento de uma pessoa !
E a pedidos desta , o retirei daqui , por respeito !
O seu conteúdo se encontra nos comentários !


5 comentários:

  1. Obviamente essa criatura não o conhece, caro Henrique. És um ótimo amigo, e nunca presenciei nem a mais sútil demonstração de canalhice de tua parte, tal como foi insinuado. Faria bem a esse ser se informar melhor, e não sair por aí vomitando suas ridiculas conclusões. Nunca julgue minha cara, e se optar por fazer guarde suas brilhantes suposições para si. Beijos amigo!
    Natália

    ResponderExcluir
  2. É fácil JULGAR...mas os julgamentos alheios não deixam de ser o que são e por norma os ESPELHOS refletem o que cada um acha de si... venho AQUI Ler e Beber PALAVRAS que fazem companhia. Nunca tais palavras me levaram a pensar que o Henrique pretendia ser ofensivo ou insinuou algo ... Continua AMIGO a trilhar o CAMINHO e a ajudar-nos a descobrir a melhor forma de encarar os dias. É que quando ajudamos os AMIGOS, estamos nos ajudando também. Força Henrique e mantém tua força e determinação para nos fazeres companhia. A inveja é má conselheira e muitas vezes leva a que as pessoas não tenham tento. Por certo foi um momento menos bom e um julgamento precipitado de quem escreveu...Um Abraço e muito Obrigada pela companhia e AMIZADE.

    ResponderExcluir
  3. [ Alguém , que não vem aqui ao caso ,
    me enviou email, por causa deste post ,
    e aqui está o seu teor :
    From: .....
    Sent: Sunday, February 13, 2011 1:59 AM
    To: henriquegabrielr@hotmail.com
    Subject: Tudo agora ficou claro

    Agora entendi tudo, sir Henrique...
    Entendi perfeitamente qual é o teu jardim.
    As 4 de 4. Ou 5, 6, 7....quantas a internet possibilitar.
    Para o teu deleite.. Sem confusões agora.
    Tudo clarificado.
    Textos minunciosmente elaborados,
    para um próposito bem definido.
    Eis o teu piso!!!!
    ****
    E a minha resposta :
    Nossa , ..... , que idéia a sua !
    É isso que isto que vc entende de trindade ?
    Pai , Filho e Espírito Santo ?
    E de 4 , as cavidades do coração,
    as 4 faces das paredes do Templo ?
    Nossa , que idéiazinha A SUA , HEM ?
    E AINDA VIR E ME TIRAR DE SIR ?
    Quer dizer : eu te respeitei,
    e vc me vem com essa idéia ?
    Faz–me o favor , vá ...
    E quantas a internet possibilitar ?
    Se assim fosse , então ... Que idéia ...
    ------------------
    Foi esta a mesma pessoa que me perturbou
    com uma série de email's , crente que eu lhe escrevia ,
    quando nunca foi nada disto ,
    e se ela não entende que Jesus Cristo
    caiu de 4 com a Cruz , não tenho culpa ;
    e se não sabe que ficou 6 horas pendurado na Cruz ,
    sofrendo, não tenho culpa ;
    e se entendeu tudo errado,
    porque não lhe dei atenção , não tenho culpa ;
    porém agora , me julgou pelo que eu não sou ;
    e se pensou isso de mim , não logrou Êxito ,
    e não se conforma , não é fazendo mau julgamento ,
    que o conseguirá !!!

    QUE DEUS TE PERDOE, E TE ILUMINE OS SEUS CAMINHOS ,
    PORQUE VOCÊ ME JULGOU ,
    SEM QUE EU O FIZESSE A VOCÊ !!!

    ResponderExcluir
  4. O Mistério dos Lírios :

    1 Reis

    7.19 Os capitéis que estavam no alto das colunas eram de obra de lírios, como na Sala do Trono, e de quatro côvados.
    7.22 No alto das colunas, estava a obra de lírios. E, assim, se acabou a obra das colunas.
    7.26 A grossura dele era de quatro dedos, e a sua borda, como borda de copo, como flor de lírios; comportava dois mil batos.

    2 Crônicas

    4.5 A grossura dele era de quatro dedos, a sua borda, como borda de copo, como flor de lírios; comportava três mil batos.

    Salmos

    45.1 [Ao mestre de canto, segundo a melodia “Os lírios”. Dos filhos de Corá. Salmo didático. Cântico de amor] De boas palavras transborda o meu coração. Ao Rei consagro o que compus; a minha língua é como a pena de habilidoso escritor.
    60.1 [Ao mestre de canto, segundo a melodia “Os lírios do testemunho”. Hino de Davi para ensinar. Quando lutou contra os siros da Mesopotâmia e os siros de Zobá, e quando Joabe, regressando, derrotou de Edom doze mil homens, no vale do Sal] Ó Deus, tu nos rejeitaste e nos dispersaste; tens estado indignado; oh! Restabelece-nos!
    69.1 [Ao mestre de canto. Segundo a melodia “Os lírios”. De Davi] Salva-me, ó Deus, porque as águas me sobem até à alma.
    80.1 [Ao mestre de canto, segundo a melodia “Os lírios”. Testemunho de Asafe. Salmo] Dá ouvidos, ó pastor de Israel, tu que conduzes a José como um rebanho; tu que estás entronizado acima dos querubins, mostra o teu esplendor.

    Cântico dos Cânticos

    2.16 O meu amado é meu, e eu sou dele; ele apascenta o seu rebanho entre os lírios.
    4.5 Os teus dois seios são como duas crias, gêmeas de uma gazela, que se apascentam entre os lírios.
    5.13 As suas faces são como um canteiro de bálsamo, como colinas de ervas aromáticas; os seus lábios são lírios que gotejam mirra preciosa;
    6.2 O meu amado desceu ao seu jardim, aos canteiros de bálsamo, para pastorear nos jardins e para colher os lírios.
    6.3 Eu sou do meu amado, e o meu amado é meu; ele pastoreia entre os lírios.
    7.2 O teu umbigo é taça redonda, a que não falta bebida; o teu ventre é monte de trigo, cercado de lírios.

    Mateus

    6.28 E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.

    Lucas

    12.27 Observai os lírios; eles não fiam, nem tecem. Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.

    ResponderExcluir
  5. Hoje, 03/11/2014, este post recebeu acerto final de link's, p/ back-up geral.

    ResponderExcluir