sábado, 9 de janeiro de 2016

3 Or.[26/Rv]

[Txt Original - click p/ acessar]
[Txt Revisão c/ link's - abaixo]
...
...
pg. 26
...

          Falavam na língua materna [do Cc/orpo espiritual] de outros que ali estavam e as reconheceram porque existiam [e foram interpretadas: v. 9]; 



          ... e Pedro levanta a voz, trazendo em At 2.16-21 a citação do profeta Joel 2.28-32 ...

          Ex: um oriental [piedoso e participante do CorpoEz 47.1: ‘Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações debaixo do céu.’ v. 5] .. que nunca saiu da sua região ... viajar ao Interior da América do Sul, enviado [Is 18.2] para missão, no Altar, e de repente, pregar em Tupi-Guarani sem nunca ter aprendido a língua: isto é um exemplo da língua estranha, pois fala em uma língua que não lhe é natural, não a conhece, e ocorre de forma sobrenatural [a quem não crê, e não compreende]; e a concessão dessa Graça pertence ao Espírito Santo, quanto à obra neste ser [Dom momentâneo ou permanente]; e não se confunda isto com missões, aonde o missionário aprende a língua da região para onde foi enviado, fortalecido pelo Espírito Santo, tendo facilidade para tal - no que também isto é um dom, visto que já não é criança e que se revela no corpo a corpo; 

          E não uma pessoa se vangloriar na Igreja ou na TV, com ‘xambarlaque, xurian, suriê, suriá .. cantalararaias ..’ gritando na maior da alturas que está cheia do Espírito Santo [Mt 6.5] assim como no Pentecostes, como se isso fosse alguma língua, pois ñ é, e toca trombeta enganadora em/a si mesmo/a [Sl 120,2,3], pois inexiste intérprete a tal porque não é mistério nem língua alguma; aliás, o assuriês é o idioma oficial do engano, em q muitos passam a fazê-lo por verem outros assuriar, pensando q estão cheios do Espírito Santo [com a unção do pato, do marreco, do macaco, do rato, da águia, do leão, da ovelha, do suricato, da onça, do tigre, em plena TV, fazendo pouco do Espírito Santo] ... e nisso, esquecem Jesus Cristo, renegam a Palavra, e passam a sustentar o engano dos altares dos sacolés, que não são altares, por homens que se cobrem de ouro e atestam que Deus fala em sua boca - Pv 23.3: ‘Não cobices os seus delicados manjares, porque são comidas enganadoras.’ ... 

          Se eu explicasse, aqui, o numerário dos lacres quebrados [Ap 5.5], por acaso alguém entenderia, deixando a sua religiosidade de parte? Na Verdade, a língua das quebras, quem a reconhece são os Justos da Luz, em Alma, que descem sobre este Livro, por cada ponto, til, vírgula, palavra, cedilha, dois pontos, ponto e vírgula, exclamação, interrogação, hífen, crase, agudo e reticências ... que se apresentem entre parênteses, colchetes ou negrito ... e, do fato em Pentecostes, também Paulo descreve por ‘sinais, aos incrédulos’:



          ... pois acabam, os próprios [que creem] amando mais as línguas e a tal da unção, que o próprio Amor [A Vida, em Cristo]; por este motivo, o próprio Paulo, fala: ‘Dou graças a Deus, porque falo em outras línguas mais que todos vós. Contudo, prefiro falar nas igrejas cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra língua.’ 1Co 14.18,19!

...
...

próximo: pág. 27

...
...

2 comentários:

  1. Esta lauda foi publicada e editada em 09/01/16, e no sequente dia 10, das 07:45 às 14:45 hs, seus versos e caps foram publicados na Bíblia II.

    ResponderExcluir
  2. Versos e Capítulos linkados em 20.01.2016.

    ResponderExcluir